Notícias

Emoção marca inauguração do Escritório Danillo Sandes

21/11/2017 - 18h18

Emoção marca inauguração do Escritório Danillo Sandes

A inauguração do Escritório Compartilhado Danillo Sandes, que aconteceu nesta segunda-feira, 20, no Edifício Palmas Business Center, foi marcada pela fala emocionada de Maria Luzia Sandes, mãe do advogado que dá nome ao escritório.

Maria Luiza fez alusão à união da classe e o quanto o apoio da OAB-TO tem sido importante para ela e para a família. “Nós temos que mostrar o quanto a advocacia é solidária e que a vida do Danillo nos sirva de exemplo para uma advocacia ética. Estou tão apaixonada pela categoria que vou fazer vestibular agora no fim do ano para ser uma de vocês”, declarou emocionada.

“Nós do Fida, quando destinamos valores para serem usados em ações como esta, sabemos que não é um custeio, mas um investimento, uma visão para o futuro do jovem advogado”, observou o presidente da OAB-BA e do FIDA (Fundo de Integração e Desenvolvimento Assistencial dos Advogados), Luiz Viana.

Já para presidente da Caato (Caixa de Assistência ao Advogado do Tocantins), Marcelo Cordeiro, o trabalho conjunto foi que possibilitou esta conquista. “Quero agradecer a todos que participaram desta conquista, porque foi um trabalho conjunto, uma ideia que saiu do papel com o esforço de muita gente, desde a idealização até esta festa de inauguração”, comemorou.

“Esta ação atende aos anseios daqueles advogados que estão em início de carreira, advogados que ainda não possuem o próprio escritório e advogados que estão em trânsito, vindos do interior”, explicou Flávio Leão, ex-presidente da Caato. A obtenção do recurso para a compra do escritório ocorreu na gestão de Flávio leão, que deixou o comando da Caato em agosto deste ano.

“É muito bom que a OAB entendeu que o investimento que foi feito neste espaço é primordial para a valorização da advocacia, pois valoriza o jovem advogado, pois ele é o início da cadeia. Valorizar o jovem advogado é valorizar o início de tudo”, declarou o presidente da Comissão de Apoio aos Advogados em Início de Carreira, Otávio de Oliveira Fraz

“A jovem advocacia teve um papel importante na construção deste escritório, que foi uma demanda que tivemos desde o início da nossa gestão. A minha sensação é de dever cumprido”, apontou Walter Ohofugi, presidente da OAB-TO.

A estrutura

O escritório compartilhado fica situado na quadra 106 Norte, Conjunto L, Alameda 02, Lote 04, Sala 805, no Edifício Palmas Business Center e é uma aquisição da Caato (Caixa de Assistência dos Advogados do Tocantins), através de convênio com o FIDA. O escritório era uma proposta de gestão e o projeto idealizado pela atual Comissão do Advogado em início de Carreira.

O local tem dois pisos. No piso inferior fica a recepção, com secretária, telefone, copiadora e 4 salas de reunião. Estas salas são equipadas com tomadas, TV e internet WI-FI, comportando reuniões de até cinco pessoas. No piso superior, fica a sala de reuniões maior, para até 12 pessoas, sala de pesquisa e estudo com 4 computadores, com acesso a escâner, impressora e Plenum Online (plataforma de pesquisa jurídica), instalado. Fora esses computadores, o segundo piso também conta com "nichos" para utilização de notebook próprio do advogado.

O nome

O nome do local é uma homenagem ao advogado de Araguaína, Danillo Sandes Pereira, brutalmente assassinado. O corpo de Danillo foi encontrado no dia 29 de julho, em uma área rural a 18 quilômetros de Araguaína. Conforme as investigações da Polícia Civil e a denúncia do MPE (Ministério Público Estadual), ele foi assassinado por se negar a burlar a distribuição de um inventário. A atuação ética do advogado Danillo foi destacada em uma frase do presidente nacional da Ordem, Claudio Lamarchia, que está na placa inaugural: “Danillo era um jovem talentoso que já no início da carreira dava lições de ética. E é disso que o Brasil está precisando”.

Comentários